lembranças

20 12 2007

imaginar é aperfeiçoar a realidade
recriar: pôr pontos poéticos, palavras abstratas e simbólicas
enrijecer a pele envelhecida com o canto de vitória

e o meu mundo foi esse
que enxergava bondade em rambo
através dos olhos de um socialista convicto
alguém que pensava diferente
concordando com tudo
que um projeto de gente
tentava declamar

eram sons de amor
dúvidas de criança aposentada
aprendendo a pintar

faz parte do que sou
adulta com agenda lotada
derretida nesse olhar

da minha vó e do meu avô

protegida das mordidas no balanço da rede
escutava cantigas doces
embaladas por um verbo que poucos sabem conjugar

amolegava até dormir e ter sede
pra acordar com um copo de leite
feito especialmente para me ninar

e sonhava com o impossível
era rambo, pintora, aposentada e artista
sem medo de acreditar que podia
enxergaria até o invisível
sem limites de tempo ou vida
era minha pele que enrijecia
quando meu coração partia e eu, com ele, crescia
levando comigo um pouco de vocês

Anúncios

Ações

Information

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: