triste tributo ao tríplice arranjo

5 01 2008

transpareço arcos, ainda que muda
transpasso. com ou sem palavras, ninguém me escuta

transcrita em códigos, espero.
transfiguram linhas retas
transporto-me para trás delas

transpiro de medo
transpareço tranquilidade
travestido no desejo de aparentar felicidade
transgredir me pôs atrás dessas grades

agora eu me transforma
agora eu me traduz
eu transborda, temporário, no trabalho de trazer-se triturado
porque é preciso estar em pedaços
pra você gostar da surpresa de me achar
em sílabas neutras de significados
metralhado e autônomo, apesar de aprisionado

Anúncios

Ações

Information

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: