poema descalço

17 07 2008

volta quando encontra
no motivo do retorno
um sapato

nao perde-se na conta
conhece cada esforço
dos centavos

por isso não arredonda
o número de esquinas
ou de calos

sabe o que lhe assombra
são sinais e sinas
sem rastros

pálidos traços de si
desfocados de sim
sem querer ir ouvir

só ecuta améns

Anúncios

Ações

Information

One response

4 08 2008
juliana

améns

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: