nascerão flores

5 06 2010

repara. isso mata. instantes passam despercebidos. era pra viver. essa janela me lembra. esse vazio em que eu to me lembra. me alerta. que ate pra morrer, vc tem que existir.

percebe a estacao. com o tato. doendo. solitario. sem aviso. naquela mesa, naquela parede, naquela sala. onde sou eu? disperso e diminuto. ingenuo. inseguro.

e outro eu vazio, construindo a si. num quarto de hotel? num pedaco de papel, digitando sangue e voltar a trabalhar.

Anúncios

Ações

Informação

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: