é segredo

12 03 2011

Descobri meus segredos confessados a um diário escondido no guarda-roupa. Meus segredos de seis anos atrás são íntimos demais. É preciso maestrar os sentimentos para se desenvolver com a qualidade de uma orquestra onde todos os instrumentos soam em harmônica sincronia.

Sentir é um desafio. Ignorar é perigoso. Drogas são todas as horas em que perdemos tempo desviando-nos de nós mesmos. Felicidade pode ser a tarefa mais simples ou impossível, porque se trata de estar bem consigo, com os Céus e com os outros.

Meus segredos confessam o descontentamento que meu corpo aparentava. Pense cinco anos à frente e deseje tudo o que tem agora e tenha, em cinco anos, tudo o que seu eu de agora espera.

Pertencer ao próprio rosto tornou-se raro. Rabisca-se nos retratos, graças ao Photoshop. A mágica dos carnavais dura quatro dias e temos o resto do ano para preencher as outras 360 páginas com confissões de igual desinibição. Converse com a terapeuta e com as plantas, mas as páginas testemunharão letras que não ousariam chegar à boca ou a olhos de outrem. às páginas, um brinde carnavalesco de silenciosa ruidez, como quando tá bem silêncio e se escuta um zumbido fino de alta frequência. O som de multidão e da solidão rimam, zoando de seus significados.

Descobri nesse diário que quando estou sozinha é quando mais tenho companhia.

Anúncios

Ações

Information

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: