recife resiste!

27 05 2011

Inspirados na manifestação espanhola que vem tomando o mundo desde a segudna semana de maio, o Brasil adere hoje aos gritos por Democracia Real Já. O blog Recife Resiste está divulgando o evento A Rua é Nossa, derivada do projeto Tomma la Calle, também chamado de 15M ou A Revolução Espanhola. O protesto vai acontecer simultaneamente aqui, em São Paulo, no México, Espanha, Portugal, Grécia e mais uma cavalada de gente espalhada pelo mundo que também está insatisfeita com a ideologia política social e econômica aos quais os governos fazem a gente se submeter.

Foi em Madrid, onde a manifestação começou a ganhar o mundo. Iniciado dia 15 de maio. Sete dias depois quase mil pessoas quase 20 mil pessoas estavam acampadas em frente a

Convocação – Tomem as ruas!

O início das manifestações: 15 de maio (Puerta Del Sol de Madrid)

Depois de dois dias, ninguém parou de gritar.

Ainda que proibidos pelo governo de continuar a manifestação durante as eleições no domingo, os manifestantes ainda estavam acampados na Puerta del Sol.

Bofetadas de sinceridade. Depoimentos recolhidos durante o Quinto dia seguido de manifestações públicas

20 de maio: Véspera das eleições.
“na esperança de que isso surta realmente algum efeito na política, na sociedade e no mundo”. Os manifestantes somavam mais de 20 mil pessoas.

Grito silencioso Em respeito ao dia das eleições a organização do evento não convocou ninguém às ruas, silenciando o movimento organizado. Entretanto, por decisão individual dos que participavam do ato público, as ruas continuaram tomadas. O PP (Partido Popular) arrasou o PSOE (Partido Socialista Operário da Espanha) em todo o país nas eleições.

Mas os resultados eleitorais parecem não preocupar muito os revoltosos. “Nem sequer estou seguindo os resultados e dá no mesmo quem ganhe, porque não haverá muita diferença”, comentou um dos indignados. O 15-M continua forte por, pelo menos, mais uma semana.

Na Espanha o movimento se disseminou por Coruña, Albacete, Algeciras, Alicante, Almería, Arcos de la Frontera, Badajoz, Barcelona, Bilbao, Burgos, Cáceres, Cádiz, Castellón,Ciudad Real, Córdoba, Cuenca, Donosti, Ferrol, Figueres, Fuengirola, Granada, Guadalajara, Huelva, Jaén, Lanzarote
La Palma, León, Las Palmas de Gran Canaria, Lleida, Logroño, Lugo, Madrid, Málaga, Menorca, Mérida, Murcia, Ourense, Oviedo, Palma de Mallorca, Pamplona, Plasencia, Ponferrada, Puertollano, Salamanca, Santa Cruz de Tenerife, Santander, Santiago de Compostela, Sevilla, Soria, Tarragona, Toledo, Torrevieja, Ubrique, Valencia, Valladolid, Vigo, Vitoria – Gasteiz e Zaragoza.

Além da Espanha, em Portugal (Lisboa, Porto, Coimbra, Faro e Braga), Irlanda (Dublin), Holanda (Amsterdam), França, Inglaterra, México e Brasil estão aderiram ao movimento.

A crise instaurada na Europa começou em 2008, quando o PIB nacional caiu 5 pontos percentuais. A espenha chegou índices negativos de crescimento, atingindo um nível de desemprego genralizado, que atingiu o percentual de 44% entre os mais jovens.

Um comunicado publicado no perfil do facebook do movimento madrileño há quase hora já foi curtido por mais de 3 mil pessoas. O movimento se reúne hoje novamente pra tomar as praças de várias cidades em muitos países em quase todos os continentes.

Esse é também um chamado. Apareça hoje na praça do Derby às 18h. Leve alguém com você!

Anúncios

Ações

Information

One response

27 05 2011
Déborah Guaraná

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: